ABIN abre concurso com 300 vagas e salários de até R$ 16 mil para Brasília

Provas da Abin estão marcadas para março

Após muita expectativa, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), ligada à Presidência da República, lançou o edital de abertura de seu novo concurso público. São 300 vagas imediatas (o regulamento não menciona cadastro reserva) distribuídas em três cargos de níveis médio e superior: oficial, oficial técnico e agente de inteligência. Os salários são de R$ 16.620,46 (oficial), R$ 15.312,74 (oficial Técnico) e R$ 6.302,23 (agente). Todas as chances são para lotação em Brasília, apenas o cargo de oficial de inteligência área 1 (para qualquer graduação) admite trabalhar em qualquer Unidade da Federação.

Quem tem nível médio de formação pode concorrer a 20 vagas abertas para agente de inteligência. Outras 60 oportunidades são para Oficial Técnico de Inteligência, que admite inscrição de graduados em administração, economia, contabilidade, direito, psicologia, pedagogia, engenharia civil, engenharia eletrônica, engenharia elétrica, matemática, estatística, tecnologia da informação, arquivologia ou biblioteconomia. As demais 220 vagas são para o cargo de oficial de inteligência, para candidatos com curso de graduação em qualquer área de formação.

Interessados em concorrer podem se inscrever entre 9 e 30 de janeiro pelo site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). As taxas para participar são de R$ 230 para oficial, R$ 210 para oficial técnico e R$ 190 para agente. O pagamwnto deverá ser feito até 1º de fevereiro.

O edital reserva 5% das vagas para candidatos com deficiência e 20% a negros.

Etapas

Haverá provas objetivas e discursivas para todos os inscritos em 11 de março (agentes farão ambos os exames à tarde, já oficiais farão provas objetiovas pela manhã e discursivas à tarde), além de avaliação médica, investigação social e funcional e avaliação psicológica. Prova de capacidade física será aplicada a quem disputar os postos de oficial e agente. Tais fases ocorrerão nas 26 capitais e no Distrito Federal (DF). Todos ainda deverão se submetidos ao Curso de Formação em Inteligência na Escola de Inteligência (ESINT) da Abin, apenas em Brasília.